E o Álbum da Semana é... Stronger, Kelly Clarkson!

Ei, gente!
Admito que fiquei em dúvida novamente sobre qual álbum resenhar desta vez... Ouvi bastante essa semana o Stronger, da Kelly Clarkson, e o Evanescence, do Evanescence, e, após pensar bem, fui na primeira opção mesmo, por ser um disco que ouvi milhões de vezes ano passado e ainda está no topo dos meus CD's mais tocados deste ano.
Vamos lá?
01. Mr. Know It All: Stronger é aberto por Mr. Know It All, seu primeiro single oficial. Não tenho muito a dizer da canção, a não ser afirmar que gosto bastante. É um pop esquecível como qualquer outro, mas notável por ser praticamente a trajetória de vida de Clarkson dos últimos cinco anos pra cá. De 0 a 5: 4
02. What Doesn't Kill You (Stronger): O que não te mata, te deixa mais forte. Quem nunca ouviu essa frase de efeito antes? É uma das minhas preferidas! E Stronger, ou What Doesn't Kill You, também é uma das minhas preferidas do disco. Uma mistura de pop com rock e uma batida mais pesada, diferente do resto das canções, que são mais leves. De 0 a 5: 5
03. Dark Side: Canção acústica que você rapidamente esquece na primeira vez que ouve, mas depois passa a ouvir mais. Levei um tempo para gostar mesmo de Dark Side, mas no fim era impossível acontecer o oposto: é inegável que Clarkson têm um dos melhores vocais do mundo. Mas o melhor dos melhores mesmo são os da Christina Aguilera. De 0 a 5: 4
04. Honestly: Outra canção acústica, e uma balada que no início você detesta, mas, após ouvir com mais paciência, descobre o brilhantismo da letra e sua originalidade. Aqui Clarkson canta sobre não ter certeza se seu interesse amoroso lírico realmente a ama, e pedindo-o para contar-lhe a verdade. Ser honesto. Vocais 10 também! É o mesmo caso de Dark Side... Você vai ter de se acostumar. De 0 a 5: 4
05. You Love Me: Uma das músicas que Clarkson liberou antes da saída do álbum, You Love Me nos traz de volta ao pop rock de What Doesn't Kill You (Stronger), embora eu não aprecie muito sua letra (achei meio sem-sal), embora tenha de admitir que a música tenha lá seus pontos altos (ou o ponto alto, já que apenas o refrão presta). De 0 a 5: 3
06. Einstein: Definitivamente está na linha das mais cômicas do disco! Embora eu pense que podia ter sido cortada da tracklist. É quase a mesma letra de Mr. Know It All! Boa de acompanhar, mas nada mais... De 0 a 5: 3
07. Standing in Front of You: Minhas preferidas são geralmente as baladas, mas aqui foi diferente. Me apaixonei de cara por Standing in Front of You. A música é calminha, e, mesmo sem instrumentos, penso que ficaria incrível apenas com a voz da intérprete. A letra traz pouca coisa de especial, mas isso é compensado pela importância, digamos, quase pessoal para mim. De 0 a 5: 5
08. I Forgive You: Não sei porque, mas o começo dessa música me lembra de um sucesso antigo da mesma cantora, Since U Been Gone, que todos vocês claramente já ouviram. É quase um cover instrumental desta, embora ambas as letras sejam extremamente distintas. Pop rock massivo e genial, cuja melodia ainda fica em sua cabeça depois que o álbum termina. De 0 a 5: 4
09. Hello: Acho que Hello é a pior de todo o álbum. Devia ter ficado nem para a Deluxe Edition, mas para o iTunes! De 0 a 5: 2
10. The War Is Over: Antigamente eu dizia que odiava The War Is Over, mas lá estava eu, no carro do meu pai, escutando quietamente minhas músicas e tentando ignorar o tche tche tche no rádio ligado quando começa a tocar exatamente esta faixa! Digo, nem é um single, e eu julgava ser uma das piores do álbum! A partir daí, passei a analisar melhor a letra de The War Is Over, e notei que o caso desta é semelhante ao de Dark Side e Honestly. Eu tive de ouvir mais vezes para começar a gostar. De 0 a 5: 4
11. Let Me Down: Se não fosse por Standing in Front of You, eu sem hesitar classificaria Let Me Down como a melhor! O pop rock aqui é mais pesado que em What Doesn't Kill You (Stronger) e You Love Me, e, acho que devido a isso e à letra viciante, Let Me Down seja melhor com relação às outras do gênero presentes no álbum. Cara, se a Kelly não lançar Let Me Down como single ela será estúpida um milhão de vezes!! De 0 a 5: 5
12. You Can't Win: Não é das melhores, mas também não é ruim. O que eu gosto em You Can't Win mesmo é a letra, o resto nem tanto. É legal também a conexão feita entre o término triunfal da faixa anterior, Let Me Down, e, logo após, o início animado e dançante desta. De 0 a 5: 3
13. Breaking Your Own Heart: Um álbum termina com uma balada. Acho que isso é uma regra oficial do mundo da música. E Kelly não fugiu à ela. Breaking Your Own Heart segue o estilo da minha preferida, Standing in Front of You, mas a música não conseguiu me cativar tanto quanto sua semelhante. De 0 a 5: 4

Faixas Bônus da Deluxe Edition
14. Don't You Wanna Stay (With Jason Aldean): Don't You Wanna Stay é na verdade uma música desse tal de Jason Aldean feat. Kelly Clarkson, mas ela decidiu colocar na tracklist da Deluxe Edition de seu disco também. Enfim, a música é ÓTIMA! Tanto por parte do tal Jason quanto por parte da Kelly! Sem quaisquer defeitos!! E na Wikipédia diz que foi o segundo oficial single do álbum do cara, My Kinda Party, mas não encontrei nenhum videoclipe! De 0 a 5: 5
15. Alone: Me lembra Hello, uma das piores do disco, então... Não preciso dizer mais nada, certo? Apenas o refrão me anima um pouquinho. Repito: um pouquinhoDe 0 a 5: 2
16. Don't Be a Girl About It: Parece ser uma faixa descartada do trabalho anterior da artista, completamente pop, All I Ever Wanted. E como acho All I Ever Wanted o melhor disco da carreira da cantora, Don't Be a Girl About It não podia ser uma música ruim! E não é mesmo. Mas sabe aquele pop que não traz nada de especial, apenas mais do mesmo? Então... Don't Be a Girl About It encaixa-se na categoria. De 0 a 5: 3
17. The Sun Will Rise (Feat. Kara DioGuardi): Cara, quando ouvi esta em especial, me perguntei: Porque diabos Kelly coloca Hello na Standard Edition e deixa The Sun Will Rise apodrecendo na Deluxe? Pois é. Vai entender esses hollywoodianos! De 0 a 5: 4

Faixa Bônus do iTunes
18. Why Don't You Try: Baladinha acústica chata. Nada mais a dizer!! De 0 a 5: 2
Indico: What Doesn't Kill You (Stronger), Standing in Front of You, Let Me Down, The Sun Will Rise (Feat. Kara DioGuardi), Don't You Wanna Stay (With Jason Aldean), Breaking Your Own Heart.
Passo: Hello, Alone, Why Don't You Try, You Love Me.
Avaliação final (Windows Media Player): 4.
Avaliação final (iTunes): 4.

Confira Stronger, de Kelly Clarkson, no Neurocharts!

2 comentários:

Igor Gouveia disse...

Oi tudo bom? Então, é a minha primeira visita aqui no seu e poxa, estou adorando! Estou seguindo e voltarei mais vezes!

Também tenho um blog, passa por lá? Te deixo o link dele:
http://25conto.blogspot.com/
Abraços!

Marcelo Lima disse...

Gosto muito desse album , um dos melhores da KC