Suzanne Collins - Em Chamas (Jogos Vorazes #2)

Em Chamas
Título: Em Chamas
Autor(a): Suzanne Collins
Editora: Rocco
Gênero: Distopia
Páginas: 413
Ano: 2011
Avaliação:  
Skoob
Depois do improvável e inusitado resultado dos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações nos distritos dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizam o governo e cabeça de Katniss não é menos do que as das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigado a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos - transformados em verdadeiros ídolos nacionais - podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.

Acabei de concluir neste exato momento a leitura do segundo livro da trilogia Jogos Vorazes, chamado Em Chamas, e disse a mim mesmo que poderia me segurar e deixar essa resenha para a quarta, mas decidi não ir contra minha inspiração e escrever logo o que eu penso!!
Temo não fazer jus ao que eu próprio achei do livro, porque palavras simplesmente não servem para simplificar como eu o AMEI e como ele é INFINITAMENTE MELHOR QUE O ANTERIOR, o que é uma grande coisa!! Prometo que vou tentar, mas, a cada elogio atribuído à obra de Suzanne Collins, multiplique isso por mil!! Rsrs...
Em Chamas continua a elaborada trama da nova nação Panem e seus mortais Jogos Vorazes (resenha do primeiro livro aqui), e o drama vivido pela protagonista Katniss Everdeen.
Katniss acabou de vencer os últimos Jogos, ao lado de Peeta Mellark, seu parceiro de Distrito e com quem têm uma conturbada relação do tipo amizade/namoro. Devido à sua vitória (às suas vitórias), Katniss e Peeta recebem prêmios monetários e imobiliários, abandonando a vida precária que tinham antes de vencerem as competições. E o pesadelo estaria acabado, e Katniss só teria de se preocupar com o fato de que Peeta e seu melhor amigo Gale a amam, não fosse por uma indesejada visita do Presidente Snow, comandante de toda a Panem, que alega que, durante os últimos Jogos, Katniss acabou por incitar uma rebelião entre os Distritos devido a um ato que a própria e Peeta desencadearam e que os levaram à consequente vitória. Agora toda a população dos precários Distritos pensa que têm alguma chance de romper o poderio da Capital, e torna-se missão de Katniss e Peeta contornarem a situação e desfazerem os danos que os próprios causaram, caso contrário, o pior recairá sobre suas famílias. O que ambos não contavam é que seriam tragados para outra arena de Jogos Vorazes, e seriam forçados a reviver tudo novamente, apenas porque, com suas iminentes mortes nas novas competições, os revolucionários nos Distritos se aquietariam.
Confesso que no início não botava muita fé nessa continuação. Antes de entender tudo, achei as páginas iniciais bem monótonas e sem rumo, como se a própria autora não entendesse para onde estava conduzindo o seu leitor, embora mais tarde definitivamente tenha captado sua importância e seu verdadeiro significado nos surpreendentes momentos finais. Só que, quando os novos Jogos começam, além do bônus todo da ação e da tensão características do livro anterior, todas as pontas soltas e situações que antes o leitor acharia sem um maior sentido na história como um todo são costuradas e formam uma trama tão avassaladora quanto os primeiros Jogos Vorazes! A arena onde as sangrentas competições ocorrem está mais elaborada desta vez, e minha torcida pela sobrevivência de alguns personagens, como o Finnick e o Beetee, aumentava a cada página, já que desta vez a Katniss e o Peeta não estão agindo sozinhos, e preferiram formar um grupo. O livro perde no quesito violência com relação ao anterior, mas o final acredito ter sido uma surpresa para todos, tão boa quanto má, e Em Chamas não termina tão, digamos, conclusivo quanto o primeiro volume. De modo que você fica louco para ler A Esperança assim que passa os olhos pelas palavras finais!!
SUPER RECOMENDADO!
Dou cinco estrelinhas + bônus!!

5 comentários:

Luara Cardoso disse...

Eu simplesmente to doida pra ler essa trilogia! Todo mundo fica falando só coisas boas a respeito que eu fico com água na boca pra ler logo. *-*

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

territoriodascompradorasdelivro disse...

Oi, tudo bom?
Nossa como eu tenho inveja de você de ler este livro, ainda não deu para comprar e estou morrendo de vontade de ler antes de lançar os filmes.
Adorei a resenha, só me fez querer mais.
Território das garotas
@territoriodg
Bjss *-*
http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

Érica Lopes disse...

Oi, eu já estou seguindo!

Leandro de Lira disse...

Já li em "Em Chama" e achei bonzinho.
Pelo fato de que não gosto muito da série.
Mas gostei da resenha.
Abraço...

"Palavras ao Vento..."
www.leandro-de-lira.blogspot.com

deb disse...

Adorei a resenha(super bem escrita). Eu ja li a triologia Jogos Vorazes, ela é otima,mas o melhor livro da serie é o Em Chamas, acho que o final da serie... Deixou a desejar ;p. Adorei o blog, ansiosa pelas proximas resenhas o/