Ali Cronin - Nada é Para Sempre (Garota ♥ Garoto #1)

Nada É Para SempreTítulo: Nada é Para Sempre
Autor(a): Ali Cronin
Editora: Seguinte
Nº de Páginas: 271
Ano: 2012
Avaliação: 
Skoob
Cass é a namorada fiel. Ashley não leva nada a sério. Donna é festeira. Ollie é mulherengo. Jack é esportista. Rich talvez seja gay. Mas e Sarah? Os amigos sempre tiram sarro dela por ser certinha demais, mas ela só está esperando pelo cara certo e agora tem certeza de que o encontrou. Será que ele sente a mesma coisa? Ou tudo não passa de uma paixão de verão? Acompanhe o emocionante último ano de escola de quatro garotas e três garotos de dezoito anos.

Alguém aqui assiste ao seriado britânico Skins? Caso a resposta seja não, vou simplificar tudo para vocês! É um show de TV particularmente muito famoso entre os adolescentes da Inglaterra, que centra-se no dia-a-dia de aventuras e desilusões amorosas de um grupo peculiar de jovens amigos, atualmente em sua 7ª temporada. A nova empreitada da autora Ali Cronin (que também adaptou Skins para os livros) é a série Garota < 3 Garoto, bem semelhante à outra novela, só que um pouco mais atenuada – quem acompanha Skins sabe do que estou falando!  e, claro, não deixando de lado o grande tabu que é, atualmente, o sexo adolescente. Nada é Para Sempre é o primeiro livro de uma série de seis, os outros sendo Dizem por Aí, Três é Demais, Lições de Amor, A Garota Certa e Eu e Você, a serem publicados num curto intervalo de tempo pela Seguinte, e acompanha o cotidiano e a vida sexual de outros sete jovens britânicos, naturais de Brighton, que se conhecem desde crianças e são praticamente inseparáveis. Neste primeiro volume, a protagonista é Sarah. Diferente das outras garotas, ela é a única virgem do grupo, e também a mais certinha.
Sarah nunca realmente se incomodou com o sexo oposto, e prefere esperar por aquele alguém especial, com quem finalmente fará algo mais que dar uns inocentes amassos. A oportunidade surge em uma viagem de férias à Espanha com a família, onde conhece Joe, um londrino que também está em recesso e em busca dum amor de verão. Sarah finalmente "faz" com Joe, mas nenhum verão dura para sempre e eles acabam se separando. Ela volta para cursar seu último ano como colegial em Brighton, e ele para sua faculdade em Londres. Desde então, Cass, Ashley, Donna, Ollie, Rich e Jack percebem que a amiga não é mais a mesma! Vive falando sobre o incrível garoto que conheceu na Espanha e divagando sobre o dia em que finalmente se reencontrarão. E, quando isso finalmente acontece e eles têm um sexo ainda mais incrível que o anterior, Sarah imagina que o romance vai engatar, mas com Joe, aparentemente, as coisas não funcionam assim...
Eu não sei o que comentar sobre o livro que outro blogueiro já não tenha comentado! Rs
A Sarah é insuportavelmente ingênua sim! Não diria chata, mas há instantes em que você pensa: ela finalmente vai ver que o cara não está a fim de algo sério, seguirá em frente e então poderemos encerrar toda essa auto-piedade, mas a garota sempre inventa uma suposição mirabolante para justificar um bolo levado do Joe ou as conversas esquivas do rapaz!! Fiquei pensando: uma pessoa é realmente capaz de apaixonar-se a ponto de ficar cega a tudo e surda a todos? Mas Ali Cronin cumpriu bem a promessa inicial dessa série de romances, retratando uma adolescência mais realista, não aquela assexuada vista em outros livros do gênero. É uma leitura ininterrupta. Não ótima, mas boa. E é isso!! Rs. Não consigo pensar em mais nada para dizer. É como uma prévia curta e sem grandes pretensões de uma série que promete, e definitivamente estarei lendo os outros!