Anúncios de Última Hora + Álbum da Semana, que é... Born to Die, da Lana Del Rey!!

Ei, gente!!
Quis prolongar um pouco os quinze minutos de fama de Silêncio aqui no blog, mas, de acordo com o novo cronograma, a resenha do álbum semanal devia ser publicada hoje... Mas, de qualquer forma, não deixem de conferir o último post! Para quem perdeu a avaliação do livro da Becca Fitzpatrick e ainda quer comentar, siga o link!!
Antes de mais nada, queria agradecer aos meus amigos no Skoob, que suportaram todas as minhas mensagens de divulgação e aporrinhamentos até que vieram aqui no Neurose conferir mesmo! Rsrs... E anunciar que estou prestes - prestes, não está confirmado ainda - a consolidar uma parceria com uma das minhas editoras prediletas, a Novo Século! A Novo Século é responsável pela publicação de minha série infanto-juvenil número um, a House of Night, que acompanho desde lá de 2009, e coleciono em minha estante todos os volumes de Marcada até Despertada. Enviei o formulário e estou esperando o e-mail de confirmação de cadastro no Clube de Blogueiros NOS, então os manterei informados nos dias que se seguirem! Cruzem os dedos para tudo dar certo!!
E, finalmente deixando o assunto livros e mergulhando no assunto música, trago para vocês a resenha do álbum que mais ouvi esta semana: Born to Die, da Lana Del Rey. Ah, e antes que eu esqueça!! O Neurocharts estava prestes a ser atualizado (quem me acompanha no Facebook já sabe da história), já na posição 10 do Top 10 Songs, quando a energia acaba por dois segundos e eu perco tudo!! Quem mora na minha cidade e segue o blog poderá confirmar!! Bem, a não ser que seja apenas em meu bairro ou alguma coisa assim... Então, fiquei deprimido e sem vontade de fazer tudo outra vez, e isso acabou ficando pra amanhã mesmo... Mas não sem antes de dar um berro super do mal e amaldiçoar a CEMIG, que por sinal fica aqui na porta de casa.
Então... Vamos à resenha?
01. Born to Die: O álbum da Srta. Plástica (nada contra, só avisando!! Rsrs...) começa exatamente com a faixa-título, Born to Die. Antes de mais nada, gostaria de avisar que Lana Del Rey tornou-se reconhecida por suas letras ousadas e... Sombrias seria a palavra certa? Ou melancólicas? Ambas? Bem, de qualquer modo, Born to Die não foge à regra. Um amor quebrado. Almas torturadas. A triste constatação do fato de que Nascemos Para Morrer. Identifiquei-me bastante com a letra. Lana segue o mesmo estilo de pensamento que eu, só que ela é mais radical... Em alguns pontos, e não só nesta canção, ela deixa claro que às vezes sente que a vida não tem sentido. Só existimos pelo dinheiro, drogas e sexo. Foi a única coisa que me incomodou, mais no álbum do que nesta faixa em especial, mas ela ainda traz leves traços das mórbidas ideias. É o segundo single do disco. De 0 a 5: 4.
02. Off To The Races: A mais divertida (talvez a única), do álbum, e que tenho certeza que se tornará um single algum dia, Off To The Races transforma os vocais quase silenciosos e pacatos de Del Rey em algo mais agudo e brincalhão, deixando de lado o tema sombrio do disco e embarcando numa bem-humorada declaração de amor ao interesse amoroso da artista. Imperdível. Só não ganha total porque eu meio que prefiro a Lana de Born to Die e Video GamesDe 0 a 5: 4.
03. Blue Jeans: Não gostei tanto assim da primeira vez que ouvi, mas depois apaixonei-me pela melodia suave e que, embora aparente trazer aquela Lana sombria de Born to Die e Dark Paradise (faixa ainda a vir na tracklist), possui uma composição totalmente oposta às semelhantes no instrumental. Não se tornou uma das minhas preferidas, mas parece que é A preferida dos fãs, então certamente Lana a lançará como single em algum momento... Nenhuma objeção, mas também não faço questão. De 0 a 5: 3.
04. Video Games: A maioria dos artistas prefere lançar faixas mais, digamos, comerciais, animadas, como lead singles de seus álbuns, mas claramente a Lana foge à regra. Ela optou por uma das baladas de Born to Die, que, por sinal, é minha faixa preferida (é raro, muito raro mesmo o primeiro single ser minha faixa preferida, já que há outras que ainda não ouvi antes do álbum sair, mas aqui foi diferente). No início, Video Games até passou despercebido por mim, e eu anunciei (primeiramente) que odiei a canção. Para falar a verdade, sequer a ouvia quando Blue Jeans acabava... Mas depois forcei-me a prestar mais atenção e, após ver o videoclipe, babei completamente pelo single! É uma daquelas baladas de letras apaixonadas, mas com uma melodia bem dark e depressiva, ótima para cair no sono ouvindo. Na verdade, não sei dormir mais sem ouvir Video Games!! A melhor! Lana fez uma ótima escolha lançando-a para preceder o disco! De 0 a 5: 5!!
05. Die Mountain Dew: Quando li o nome da quinta faixa na tracklist, pensei: Morrer Montanha Dew? Isso é o quê? Marca de cerveja, de moto!!?? Ainda não achei uma tradução adequada para Die Mountain Dew, mas deve ser uma das gírias super esquisitas (e quando digo super, é super mesmo), que eles usam lá nos Estados Unidos. Fora o título, a música não tem nada de estranha. Mas também nada de especial. O refrão é chiclete, mas o que me incomodou mesmo é que ele parece ocupar a música inteira! De 0 a 5: 3.
06. National Anthem: Um verdadeiro Hino Nacional! Com o refrão mais chiclete e mais legal do disco (embora ofusque o resto da música bastante), National Anthem é toda sobre a valorização do dinheiro na mente humana nos dias de hoje, os valores capitalistas e coisas do tipo (Money is the reason we exist, everybody knows, is a fact, kiss kiss...). Na verdade, Lana faz uma bela crítica à essa nova sociedade na qual estamos inseridos. O problema é que como sou fissurado nesse refrão, esqueço o resto da música sempre que a próxima faixa começa!! De 0 a 5: 4.
07. Dark Paradise: Outra balada e primeira depois de Video Games, Dark Paradise têm uma batida mais pesada, embora não mantenha o carisma e a identidade da outra faixa do mesmo gênero. Essa música parece... Não sei... Fazer minha garganta queimar!!?? É, eu sei, tipo... Ahn? Só sei que tenho uma sensação esquisita quando a ouço. Digamos que... Não me sinto bem. Não me sinto... Confortável. E nada a ver com a letra, mas... Não sei!! O estilo não me agradou muito. Eu geralmente pulo esta quando ouço o álbum. De 0 a 5: 2.
08. Radio: Outra faixa animadinha no estilo de Off To The Races e Die Mountain Dew, Radio é uma daquelas músicas que, NÃO IMPORTA QUANTAS VEZES VOCÊ OUÇA, não consegue se lembrar depois! Eu inclusive não me lembro dela resenhando a música agora, mas sei que a achei mediana. Isso tem algum sentido? De 0 a 5: 3.
09. Carmen: Interessante. Não é lá muito boa nem nada, apenas... Interessante. Até agora não sei se Lana está falando de si mesma na terceira pessoa ou de outra pessoa!! Fica aí o mistério... De 0 a 5: 2.
10. Million Dollar Man: Lá vamos nós com o dinheiro novamente, vocês devem ter pensado... Hehe. Mas a música não tem nada a ver com isso!! Não captei muito bem a letra até o momento, mas parece uma confissão apaixonada a um suposto interesse amoroso... É esquecível, mas boazinha. De 0 a 5: 3.
11. Summertime Sadness: de pensar no nome dessa música, meu estômago se revolve. Ela me lembra bastante Dark Paradise (que me faz passar mal '!?'), só que é mil vezes pior! Tudo bem, sou fã de músicas melancólicas, mas esta foi pesada... Muito dark pro meu gosto. De 0 a 5: 1.
12. This Is What Makes Us Girls: Um álbum fecha-se com uma balada. Como com tantas outras, Lana fugiu à regra imperceptivelmente imposta pelos artistas hollywoodianos. This Is What Makes Us Girls me lembra a faixa-título, só que é um pouquinho inferior... Aqui Lana canta que o que faz as garotas garotas é sair, beber, se divertir e acordar uma bagunça no outro dia, apenas para começar tudo de novo. Bem, não concordo muito com isso. Digo, não sou contra esse tipo de diversão - NÃO MESMO, HEHE!! - mas acho que ela foi muito superficial aqui. A música só se salva da letra por causa da batidinha contagiante. Não foi um bom pedido para fechar o álbum, mas, considerando que ele não acaba na Standard Edition, salvarei Lana de perder mais um pontinho por causa disso... De 0 a 5: 3.

Faixas Bônus da Special Edition
Capa da Special Edition. Só muda a cor do título...
Prefiro a cor original... É mais sóbria.
13. Without You: Mesmo caso de Radio... Ouvi um milhão de vezes e, mesmo assim, não consigo me lembrar de jeito nenhum! Só lembro quando a música chega ao refrão, sabem? Meu instinto diz que achei a música ruim... Confiarei nele. Afinal, ele nunca me traiu até hoje, certo? De 0 a 5: 1.
14. Lolita: Engraçadinha. Só isso. Não é memorável, mas ficou como uma boa adição às faixas de luxo. É a melhor delas, por sinal. De 0 a 5: 3.
15. Lucky Ones: Mesmo caso de Radio e Without You... Desta vez, meus instintos me dizem para, De 0 a 5, dar 2.
No fim, Born to Die recebe, no Windows Media Player, 3.
No iTunes, recebe também 3.
Não discordo da opinião dos players de música. O álbum é bom, mas com certeza não entrará na minha lista de favoritos de 2012.
Ah, já ia me esquecendo!! Recebi algumas respostas de formulário de membros confusos com relação ao novo cronograma.
Bem, oficializando isso:
Segunda-feira: Resenha musical pela tarde e resenha literári #1 pela noite. Não haverão mais resenhadas pela manhã, agora que as aulas voltam pra valer... Só esclarecendo isso de uma vez!!
Sexta-feira: Resenha literária #2.
Fins de semana: Neurocharts.
Estão de acordo com o novo cronograma, ou acharam que a semana ficou vazia demais? Deixem notas a respeito nos comentários, que verei o que posso fazer... E, se for o caso, procurarei um postador permanente para ajudar no blog.
A respeito de parcerias e aos três pedidos recebidos, NÃO ESTAREI ACEITANDO PARCERIAS ENTRE BLOGS NOS PRÓXIMOS MESES. Eu realmente não quero uma lista GIGANTE de blogs parceiros que realmente nunca visito com os quais me preocupar. Eu sempre comento nas postagens de meus companheiros virtuais, e estou feliz assim, com o número de parceiros que escolhi. A EQUIPE NEUROSE ESTÁ SELADA.

Não deixem de comentar, viu?

...c u soon,
vdc

17 comentários:

Pamela Chris disse...

Ei, boa sorte com a parceria com a Novo Século. Eu tentei uma vez, mas não consegui... rsrrs, acho que era por causa do número de seguidores (20...), rsrrsrs. Gostei do seu blog tbm, e eu nunca tinha visto uma resenha de música. Maneirinho.
Tô seguindo tbm.

Marina Carvalho disse...

Você é fingido, hein! Editora que mais ama... KKKKK Essa foi demais.
Beijos!

Gabi Lima disse...

Oi!
Boa sorte com a parceria. xD
Nunca tinha ouvido falar nessa cantora, mas vou procurar pelas músicas.

Bjs
Gabi Lima
http://livrofilmeecia.blogspot.com

Camila Costa disse...

Já parou pra pensar o quão bom seria se fizessem mais jornais voltados pra cultura? Foi pensando nisso que fizemos o "A gente não quer só comida". Lá você pode ter acesso a muitas dicas sobre arte, música, literatura e filmes. Vale a pena conferir!!! http://artenarotina.blogspot.com

Victor disse...

muito boa a resenha ,to loucoo pra ouvir o resto do album pq até agora só ouvi Video Games, Blue Jeans e a faixa-título!!!!

Luara Cardoso disse...

Se você conseguir a parceria, lhe desejo muita sorte com ela viu?
E eu nunca tinha ouvido falar dessa Lana Del Rey. D:

Enfim, estou seguindo seu blog. ;D

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

Jacqueline Braga disse...

Boa sorte com a parceria!!!
nunca tinha visto essa cantora, mas como sou uma bichinha muito curiosa, vou correndo baixar uma música para ouvir.
bjos

Jack do @Mybooklit

Wendell Carvalho disse...

Ja estou seguindo também!
Adorei o blog.

Wendell Carvalho
Something 'Bout Books

Dandara disse...

Parabéns pelo blog, retribuindo a visita, bj =D.

Wanessa Guimarães disse...

Heey, adorei o seu blog! Estou seguindo, segue o meu também?
http://estanteseletiva.blogspot.com/

Beijos,
Wanessa Guimarães

VDC disse...

Uau, gente!!!
Obrigado por todo esse amor e correspondência e por ajudarem o blog a crescer de um salto só!!!
Parabéns A VOCÊS E A SEUS BLOGS!!!
VDC

José Antônio (Jam) disse...

Parabéns pelo blog...
Abcs!

The Lazy Girls disse...

Boa sorte com a parceria!!!
Tbm amo HON *-* (apesar deq sou uma nova leitora da serie, ainda no #2)

Adorei seu blog, ele tem estilo \o
Já tó seguindo aki ;)
Se quiser passar no meu, segui e comentar tbm, eu vou ficar feliz rs

http://falleninme.blogspot.com/

PatyScarcella

Érica Lopes disse...

Seguindo tb ^^

The Lazy Girls disse...

Boa Sorte com a parceria, tomara que dê tudo certo! Teu blog é muito lindo! Obrigada pela visita!
PS:aqui é a outra dona do blog http://falleninme.blogspot.com/ meu nome é Camila, mas pode me chamar de Mica (: volta lá?

Neiva Meriele disse...

Oi guri, tudo bem? Já to te seguindo, teu blog tá show de bola, passarei aqui sempre que puder pra fazer uma visitinha. Abços.

Matheus Fontenele disse...

Gosto muito de Lana Del Rey, a melodia dela é apaixonante, infelizmente, a técnica vocal dela ao vivo não é tão boa :T